miko @ 16:25

Sex, 12/06/09

Depois de muito batalhar, Maria miko e Senhor Apêndice lá resolveram as coisas. É o que dá, dois teimosos, casmurros que não dão o braço a torcer. Mas pronto, ficou tudo bem, e começámos da maneira mais lamechas e peganhenta:

 

 

"Tens os pés mais perfeitinhos do mundo!"

 

 




miko @ 17:16

Sex, 21/11/08

Combinámos. Dia 26 de Dezembro vinha visitar a sua família a Sines, teria a oportunidade de passar por Lisboa. Combinei com três amigas, não queria ir sozinha, a coisa podia correr mal e assim elas estavam lá para "amparar a queda". Claro que isto tudo com o conhecimento dele, não se opôs. Para os meus pais inventei a história de que um amigo da colónia de férias que fizera esse Verão, vinha a Lisboa fazer-nos uma visita e por isso nós 4 (3 tinham feito a tal colónia) combinámos um encontro no Parque das Nações.
A meio da manhã já nós íamos a caminho. Autocarro, comboio, metro. Chegámos demasiado cedo. Não me lembro ao certo quantas voltas demos àquilo até finalmente ele me dizer que estava a chegar. Escadas do Pavilhão Atlântico, super nervosa. Tremia, sim é um facto. Mensagem: "Já cá estou. Onde estás?" "Pavilhão Atlântico".

 

Olho em volta na expectativa.
Tomo nota de todas as direcções possíveis, ele podia aparecer de qualquer lado.
Sinto-me a ser observada.
Olho para trás...

Estava o Apêndice a sorrir.

Fui em passo acelerado ter com ele. Quando frente-a-frente, embaraçados, e agora?
Beijou-me na boca, beijei-o a seguir.
Trazia um saco de papel.
"Toma, a minha prenda de Natal"

Uma mala do Jack. Adorei. Amei. Beijei-o novamente. E durante o dia, nada inibidos.
Quem diria?


sinto-me: a recordar


miko @ 15:10

Seg, 17/11/08

32 dias é quanto falta para ver o meu apêndice outra vez, para estarmos juntos. Para actualizar muita gente que caiu aqui de pára-quedas nestes últimos dias, o apêndice é o meu mais-que-tudo e vive no Porto (e eu em Lisboa). Nunca contei aqui realmente como nos conhecemos e este sábado tive a contar a história a um moço, o que me fez lembrar a estupidez que foi o início da nossa relação.

Foi em 2007 que esse belo site denominado hi5 fez com que o apêndice descobrisse a minha pessoa. Começou por uma mensagem muito simples como "Bons gostos musicais", um "Obrigado por adicionares" para "Se quiseres adiciona o meu mail". Adicionei, não porque achei que viria a ser o príncipe encantado mas porque aparentemente partilhavamos dos mesmos interesses e achei que teríamos tema de conversa. Enganei-me. "Olá, tudo bem? Como te chamas? Tens que idade? És de onde?" E pouco mais se desenvolveu.

Passado uns 2 meses fazia eu uma limpeza de contactos do msn e não percebia quem era aquele sujeito. "Desculpa, quem és?" "Sou aquele rapaz do Porto, do hi5.." A partir daí, não sei, ficámos umas 3 horas a conversar. E no dia seguinte a mesma coisa, até que o rapaz sumiu. Passada uma semana (já eu achava que ele tinha "morrido") recebo um mail que ainda hoje guardo com carinho, onde o rapaz dava o seu número de telemóvel e pedia desculpas porque tinha ficado sem net e, que tinha estado a pensar em mim. A partir desse dia nunca mais largámos o telemóvel. Isto em Setembro e, esperámos até Dezembro para nos conhecermos. Foi a melhor prenda de Natal de sempre, mas esse dia fica para outra vez, se quiserem.

E agora penso nas horas que já passaram, nos dias, nas semanas, nos meses que já esperámos para estarmos juntos...Haverá prova de amor mais forte?


sinto-me: com saudades

miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

miko & apêndice
Daisypath Anniversary Years Ticker
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30



myspace web counter
Help!
Save Miguel

blogs SAPO