miko @ 18:18

Qui, 15/05/08

 

      Sinto-me um lixo, sim.

      Sinto-me um nojo, sim.

     A vida faz-nos destas, daquelas e de tantas outras que parece que nunca nos vamos conseguir livrar da merda que nos rodeia. Sinto-me incapaz de inverter papéis e agora ser eu quem te dá conforto, de ser quem diz que vai ficar tudo bem. Não estou nas minhas perfeitas faculdades, tenho um derrame qualquer, algures, que me provoca este perfeito estado de ataraxia e não me deixa viver no verdadeiro sentido. Para mim é tudo indiferente. Excepto quando falas dessa sombra que me acorrenta, que me faz sentir menos eu e  menos tua. Essa sombra que me prende porque foi a tua tela, a tua primeira ideia de perfeição e eu não sei se tens uma segunda, ou se tiveste. Esse fantasma que me aterroriza, que me leva a minha essência feminina e que me deixa a vaguear nas ruas, à espera de alguém vulgar que me possua, porque eu não sou digna de ter alguém como tu como ela teve. Eu não sou eu quando ela vem, eu sou menos que tudo. E tu lutas para que ela vá, tu lutas, oh lutas tanto meu amor. E eu, eu apenas faço esforços para que ela volte sempre, não me perguntes porquê, também procuro resposta.

 


sinto-me: um lixo, um nojo, sim
música: The used - bulimic
conteúdo explícito: , , , , , , , , ,

miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


blogs SAPO