miko @ 19:23

Qua, 26/11/08

sms: "Adoro-te meu bolo de arroz"

 

Derreti-me, sim.
Depois de dois dias completamente exaustos em termos emocionais (andei a chorar baba e ranho por aí), encontro-me a recuperar VERY LENTAMENTE.

 

Pudim: "Maria andas a fumar imenso!"
Miko: "Ya...Comprei o maço ontem e já tá quase vazio...Mas olha, porque é que será?!?!"
Pudim: "Oh baby tens de ter calma, é fodido, custa, mas não podes bloquear!"

 

Nheee

Ritmo de vida bastante alterado = resultados não muito saudáveis.

 

1 ano e 11 meses com ele.


sinto-me: exausta
conteúdo explícito: , , , , , , , ,


miko @ 20:31

Dom, 23/11/08

Desde já as minhas desculpas pela ausência este fim-de-semana mas pelo que se segue vão perceber o porquê da minha pessoa não ter conseguido postar.

Na noite de Sábado para Domingo realizou-se o X S. Vicente, festival de tunas, na Aula Magna, e claro que eu, futura pandeireta não queria perder isto por nada. Apesar de a minha fabulástica tuna não ir actuar, queria ver a Vicentuna, a TAL, a Estudantina e a TAISCTE. Arranjei companhia, a S. Íamos as duas malucas para a Aula Magna, e depois quem sabe talvez Bairro Alto, por aí, e dormia em casa dela. Até aqui tudo bem: saio do curso a correr, meto-me no comboio, apanho o autocarro, chego a casa, tomo banho, visto-me e volto a sair.

O Festival acabou precisamente às 02.00 da manhã, hora a que fecha o Bairro Alto, logo ficámos sem sítio para onde ir. Apanhámos um daqueles autocarros da rede da madrugada para o Cais do Sodré, embora fosse demasiado cedo para apanharmos o comboio das 04.30. Depois de entrar num bar cheio de bêbados saímos passados 30 segundos devido ao cenário demasiado degradante. vai daí encontrámos um prédio jeitoso com a porta aberta. entrámos e abancámo-nos no hall. Fumámos os nossos cigarros, arroxámos durante uns minutos e pasada uma eternidade a hora do comboio finalmente tinha chegado.

Chegámos a casa precisamente as 05.30. Concluindo, dormi 2 horas e 30 minutos. O pior foi hoje de manhã quando acordamos e a S. lembra-se de ter um ataque qualquer à minha frente. Desmaiou, começou com convulsões e eu completamente atarantada, a ver a rapariga a ficar roxa sem a conseguir reanimar. Mas vá lá, acordou ficou bem. Mas não ganhei para o susto.

Agora chego a casa depois de mais um dia agitado e o Apêndice lembra-se de me mandar isto:

"Precisamos de falar..."


sinto-me: baaahhhhh


miko @ 15:55

Qui, 01/05/08

Hoje é só daqueles dias.

Daqueles dias em que suspiro pelos teus braços, daqueles dias em que a minha língua fica estagnada, húmida, à espera da tua. Hoje é daqueles dias em que os 300km que nos separam parecem uma eternidade. O meu corpo treme por não ter o teu a meu lado, os meus olhos não têm um sítio para se fixar, as minhas mãos estão inquietas porque tu costumas estar sempre a agarrá-las. Hoje é daqueles dias em que nada mais existe. O mundo é demasiado grande para nós, não faz sentido. A minha cama está vazia, os meus lençóis não cheiram a ti, as roupas não estão espalhadas pelo chão do quarto, as paredes não ouvem os nossos gemidos há tanto tempo...

Como te sentes sem mim?Eu sinto-me assim.


sinto-me: sem motivos para sorrir
música: The Cranberries-Linger
conteúdo explícito: , , , , ,

miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

miko & apêndice
Daisypath Anniversary Years Ticker
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30



myspace web counter
Help!
Save Miguel

subscrever feeds
blogs SAPO