miko @ 15:57

Dom, 01/03/09

Estou de volta, sim. Desculpem os atrasos, as noticias que não dei, as histerias que não vim aqui contar, mas o Porto estava quentinho, com sol e boa companhia. Mas não me vou pôr para aqui a relatar as minhas aventuras (sexuais e não só) com o Apêndice, digo-vos só que....Somos mesmo perfeitos!

Às vezes acontecem coisas como ter de ficar em casa de manhã com a sogra e não há muito por onde falar, por isso eu tomo o pequeno almoço enquanto ela laa a loiça. É esquisito. Não consigo criar com ela uma relação como gostaria, acho que ela não me dá muitas hipóteses. Sempre que há qualquer coisa que temos em comum, como o yoga ou História, tento sempre puxar assunto, mas ela...Irrita-me pois! Dêm-me soluções sim, sim?

Nos entretantos os outros paspalhos (aqueles que eu digo que são meus amigos desde os...12 anos vá) ficaram de ir lá na terça-feira de carnaval fazer uma visita. Não sei que lhes deu para me ligarem á hora combinada a que chegavam, a dizer que já não iam. É sempre bom não? Desde ai não há noticias. Prefiro manter-me no anonimato, e despercebidamente voltar ao meu dia-a-dia normal, rotineiro, estúpido e irritante. E pensar que o Apêndice vai arranjar um fim-de-semana em Março para me vir visitar. Desculpem, mas quando estou tanto tempo com ele fico farta disto, de tudo isto.

Amanhã há aulas. Boa notícia, este semestre entro as 10h. Entretanto vou voltar à condução, vou, vou.


conteúdo explícito: , , , , , , ,


miko @ 12:57

Qui, 19/02/09

Haverá algo mais relaxante do que uma noite gelada, uma mesa na rua, o forno de lenha ligado, dois frangos, batatas fritas, wisky cola e 5 bons amigos? Há, esqueci-me dos maços de tabaco e o bongo improvisado de uma garrafa de 7up e as ganzas como é óbvio. Mas para que fique já esclarecido: eu e ganzas = náááá.

Amanhã vou para o Porto, já disse? Acho que os únicos que ainda não sabem são mesmo os meus pais. Se calhar convém contar... Tem sido complicado porque saio de casa e eles ainda não estão, e depois quando volto eles já dormem...E deixar um bilhete é um bocado fatela.

Tenho saudades dos braços do Apêndice. De sentir as suas mãos grandes agarrarem-me a cara enquanto me dá chupões no nariz. Parvo. O amor é gay, e eu até fico meia abananada quando me ponho para aí a divagar.

Nevermind, fora isto a minha vida está parada no tempo. Quando eu fizer algum feito importante para a humanidade venho aqui dizer.

xoxo Beijinhos xoxo

 


conteúdo explícito: , , , , , , ,


miko @ 20:34

Ter, 17/02/09

Portanto não via o meu pai desde Quinta-feira, isto porque tenho andado num regabofe para lá e para cá que nem tenho tido tempo para coçar o esquerdo, ou melhor, tempo até tenho, se calhar perco é demasiado tempo a coçá-lo e depois esqueço-me que tenho casa e tal. Depois desta piquena introdução percebem que estou sem fazer um cú e portanto aproveito o tempo. Aproveito o Sol. E depois, acordo ao meio dia, o meu pai chega a casa para almoçar, encontra-me com um grandessíssimo mau aspecto a ver uma maratona de Futurama e diz:
"Sim senhora, isto agora é que é vida. Não andas um pouco vadia? A casa agora é um Hotel?"
Tenho duas semanas monseiur, há que aproveitar.
Por isso, hoje acordei às 09.30 (vá lá!) fui até à faculdade, fui insultada por ter passado a tudo nas frequências, inscrevi-me para as opcionais do próximo semestre, apanho o 723 vou até ao Marquê, apanho o metro para Sta Apolónia para comprar o meu ticket. Sim madames et monsieurs, Sexta feira parto para o Porto, rumo à felicidade. Por lá ficarei até tempo indeterminado, mas concerteza que virei postar aqui mais goodies para vós.
Depois desta árdua tarefa, fui ter com a "simsim" à Baixa, almoçámos nos Armazéns e fomos iluminadas pela brilhante ideia de ir até ao castelo de S Jorge, a pé. Claro que ficámos a metade, apreciando a bella vista lá de um sítio qualquer. Descemos, passámos pela "Outra face da Lua" onde comprei uma camisa que segundo a minha mãe "É daquelas velhas que andam a tirar o luto" e o resto da tarde passou-se na Poça a ver o pôr do sol.

"És uma vadia é o que és. Agora vives fora de casa, só apareces para dormir e ainda por cima é a tarde e a más horas." by Mom.

Aproveitem o Sol! :)


conteúdo explícito: , , , , , , , , ,


miko @ 23:05

Sex, 13/02/09

Diz que passei nas cadeiras todas. Diz que estou de férias. Diz que agora é regabofe. Diz que ele quer que eu vá já para o Porto, mas diz também que não me apetece ficar 2 semanas a bater com a cabeça nas paredes enquanto ele tem aulas de manhã à tarde. Diz que não sei o que fazer...

 

 


conteúdo explícito: , , , , , , , ,


miko @ 14:41

Seg, 09/02/09

O normal, numa discussão entre namorados, é as pessoas dizerem coisas da boca para fora, sem o sentirem, só por raiva, só por dizer.
Ontem descobri uma coisa fantástica, com o Apêndice passa-se exactamente o contrário. É nas discussões que ele diz coisas horríveis, mas sinceras. Ontem nunca a sua sinceridade me magoou tanto...Acho que há coisas que não se deveriam dizer, por exemplo,
"Precisas de mim nas alturas mais inconvenientes..."

(...)

"Peço desculpa se sou chata, peço desculpa se consigo ser terrivelmente chata e inconveniente,  desculpa se te amo tanto, se sinto a tua falta constantemente, se a minha gata morre e eu preciso de chorar no ombro de alguém. Mas achei que ias estar lá, como namorado, achei que irias estar sempre lá...Tal como eu estou para ti. Talvez devesse procurar outra pessoa com mais tempo livre e mais disponibilidade para aturar as minhas merdas. Desculpa mais uma vez, fica bem*"

(...)

"Eu não disse nesses termos e se tu és inconveniente, eu também o sou. Não adianta estar a batalhar nisto porque assim não resolvemos nada, e eu quero ficar bem contigo. Acho que não estou a pedir muito"

"Mas há coisas que não se dizem."

"Pronto, não se dizem...Deixas-me voltar para ti?"
"Eu nunca fui a lado nenhum..."

 

BTW: Tive 15 na frequência de Direito!


conteúdo explícito: , , , , , , ,


miko @ 11:59

Sab, 07/02/09

Há qualquer coisa de errado aqui. Vejo pessoas a sairem das frequências, seguras de que não passaram e que vão a exame. Até agora ainda não tive nenhuma frequência que me corresse mal, e já fiz 4! Algo se passa. Ou eu estou demasiado confiante porque sei que estudei, ou então acho que estudei, e depois quando for à pauta vou ter uma surpresa desagradável. Não sei em qual delas me apoiar...

 

 

 




miko @ 21:40

Qui, 05/02/09

Eu vinha aqui queixar-me mais uma vez que estou farta de estudar. Mas depois pensei que já estavam fartos de ler sobre isso e que iam pensar "fazes mais que a tua obrigação". Por isso venho só aqui dizer que vocês estão a perder tempo. E a g o r a e s t ã o a p e r d e r m a i s t e m p o a t e n t a r p e r c e b e r p o r q u e é q u e d e r e p e n t e c o m e c e i a e s c r e v e r a s s i m. P o i s b e m, n ã o s e i. S i m p l e s m e n t e é p a r a v e r e m a d e c a d ê n c i a a q u e u m a p e s s o a c h e g a.

 

 


conteúdo explícito: , , , ,


miko @ 11:53

Qua, 04/02/09

Há aquelas pessoas que quando as conhecemos, não damos nada por elas, mas quando nos apercebemos, são os nossos melhores amigos.

Mas depois...

Há aquelas pessoas que quando as conhecemos, achamos que vão ser nossos amigos para sempre, mas quando nos apercebemos, fodem-nos à grande e ficamos com um melão do "cagalho".

 

(Foram só umas conclusões a que cheguei. Sabem, às vezes também sou iluminada por qualquer coisa e depois tenho estas saídas. Devia escrever uma rubrica no Global ou no Destak.)

 

 


conteúdo explícito: , , , , ,


miko @ 13:51

Ter, 03/02/09

 

Qualquer semelhança entre o meu cérebro e um amendoim depois de fazer a frequência de Princípios Gerais de Dreito é pura coincidência.


conteúdo explícito: , , , , ,


miko @ 12:34

Seg, 02/02/09

Hmmm chego à paragem, fumo um cigarro. O último do meu maço, graças ao stress com que ando já lhes perdi a conta. Quase no fim de matar o vício lá vem o dito cujo (autocarro) e é aí que reparo no outro dito cujo (o rapaz do autocarro). Um menino interessante, se calhar com os seus 19 ou 20 anos, bem parecido assim meio relax, costuma apanhar o mesmo autocarro que eu, por isso já tinha reparado qualquer coisita. Deixo-o entrar enquanto acabava o cigarro. Senta-se num daqueles bancos prioritários, virado para os bancos de trás. Achei estranho, normalmente senta-se sempre nos últimos, lá mesmo ao fundo, refundido do mundo. Entrei, fui lá para trás, sentei-me. Nunca se sentiram observadas? Pois, eu estava-me a sentir estranhamente observada, olhei, era ele. Olhos fixados em mim. Engoli em seco, olhei para a janela. Continuava a sentir-me observada, mas desta vez na minha cabeça porque ele estava a mandar uma sms. Agarrei nos apontamentos e pus-me a ler, ok a fingir. Olhei para ele, engoli em seco outra vez. Estava a olhar para mim. Que nervos! Baixei a cabeça, passado uns segundos voltei a olhar, ele olhava lá para fora, mas no momento em que olhei para ele desviou-se da rua e olhou para mim. Fomos assim o caminho todo. Levantei-me para carregar no botão. Sentia os seus olhos acompanharem cada movimento. Sentei-me. Os olhos dele pousaram. Chegando a paragem, levantei-me para sair, acompanhou-me com o olhar, olhei para ele e desviei a cara rapidamente. Saí. Já estava lá fora e o moço continuava a olhar. Olhei para ele, baixei a cabeça e ri-me. Não me consegui conter. Atravessei a rua, vi o autocarro passar por mim, e ele, à janela, de olhos postos na minha figura. Restisti e olhei-o nos olhos até o autocarro virar na rua seguinte. What'a hel???

 


sinto-me: intrigada
conteúdo explícito: , , , ,

miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO