miko @ 10:49

Sab, 14/03/09

Eu dou-lhe conselhos. Às vezes liga-me a dizer que a vida não lhe corre bem, é muito trabalho, não dá conta do recado. Dou um palpite sobre a forma como ele deve aproveitar melhor o tempo que tem. Responde-me mal, não lhe agrada. Outras vezes liga-me maldisposto porque se matou a trabahar e não vê o trabalho reconhecido. Digo-lhe que é mesmo assim, cada vez mais a nossa vida vai ser essa e para não se preocupar porque ao menos fez as coisas e entregou os trabalhos nos prazos estipulados. Fica chateado comigo porque não o oiço e não o ajudo.

Posto isto, que vontade tenho eu de o ajudar e dar conselhos?

 

"Se não és tu a dar conselhos, quem mos dá?"
"Então e porque é que ficas chateado com os meus conselhos?"
"Porque não ajudam..."
"Então se não ajudam para que é que tos vou dar??"

 


conteúdo explícito: , , , , , , ,

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13

15
17
19
20

22
24
26
28

30
31


subscrever feeds
blogs SAPO