miko @ 21:17

Seg, 30/06/08

O mundo estava assim meio virado de pernas para o ar, uma confusão por todos os lados, discussões a rebentar a qualquer omento que, moi je, decidiu tirar uns dias desta terra e ir para a inbicta. Achava eu que fugindo da confusão iria safar-me dela.AHAHAH, ya, enganei-me. Nem nos braços do meu apêndice me deixam estar dass. O telele não parou com mensagens e telefonemas sobre um suposto "jantar" de paz e amor com aquele meu amigo que é um deus e a sua namorada macaquinha. Pois bem, parece que o sôr Adonis anda muito triste sem os amigos (pudera cagou para eles faz já algum tempinho que agora também ja cagamos para ele) e então a quiduxa resolveu fazer um jantar e convidar toda a gente para uma noite de cinismo e risinhos e "AH SOMOS TODOS TÃO AMIGOS!". E eu cortei-me!

AH não tenho paxorra para certas coisas, então andou tudo de volta do meu número de telemóvel para me tentar convencer a ir. NÃO VOU, NÃO VOU, NÃO VOU. Fogo, nem no único sítio onde enterro a cabeça para descansar me deixam em paz...

Fora isto, fora isto posso dizer que soube a pouco. Sim, cada vez temos mais incógnitas e pontos de inerrogação e perguntas retóricas sobre o nosso futuro. Eu em Lisboa, ele no Porto, faculdade à porta, é preciso trabalhar para juntar uns aérios, enfim, estamos fudidos bá. Mas,a nossa inocência diz-nos que vamos ficar juntos e vamos aguentar. Porra, dia 26 fizemos 1 ANO E MEIO CUARAGO!!!

Havia, e tanta gente que não acredita, e isso que interessa? Sou feliz assim, tenho a coisa mais preciosa do mundo. Fazes-me ficar lamechas e eu não quero saber =)

Ontem adormeci agarrada a ti, na tua cama a chorar baixinho. Não demorou muito para que desses conta e me apertasses com força. Fizeste-me sentir pequenina.

Às vezes gostava que aquele mundo de confusões e discussões e mais coisas acabadas em ões deixasse de existir para ficarmos só nós os dois, agarrados um ao outro no escuro do teu quarto a olhar as estrelas que imaginamos no tecto.

Agora que voltei, só tenho vontade de voltar para lá...

Imagem de baixo: Eu e ele


sinto-me: desanimada


miko @ 21:37

Ter, 24/06/08

Minha gente, o mundo aqui gira muito rápido e o meu organismo não dá para estas coisas. Antes que enjoe vou mas é tirar uns dias desta gente, deste sítio a que chamo casa, desta área toda repleta de criaturas que quando me vê os olhos parece que lhes saltam das órbitas. Agarro na minha malinha vermelha (por acaso é, não é só da fotografia) e faço-me à estrada. Ou à linha de comboio... O meu próximo destino é o meu refúgio: os teus braços, a tua cama, o teu mundo. Até segunda meus caros! Bou para a inbicta, se me virem por lá assobiem. Beijinhos


sinto-me: pronta para ir
música: Republica - ready to go
conteúdo explícito: , , , , , ,


miko @ 18:13

Seg, 23/06/08

Tenho mil e um motivos para me enfiar numa caixa  não sair de lá. 1.Estou contra o mundo ou o mundo está contra mim, não sei.

2.Cada um precisa de ter um saco de pancada e parece que eu sou o de muita gente.

3.Há amigos que ficam e amigos que vão, mas aqueles que deveriam ficar têm de se ir embora?!

4.A namorada de um amigo meu tira-me do sério e ele também já me começa a meter nojo.

5.Hoje fui ao shopping e gastei algumas economias em roupa e isso deprimiu-me.

6.A ginja está com o cio e não me deixa dormir.

7.Há bastante tempo que não ponho os pés no ginásio.

8.Estou sem inspiração.

9.Estou a morrer de fome.

10.Se gritam mais alguma vez comigo ou se falam mal comigo outra vez eu não respondo de forma bem-educada.

Estou só com TPM, não liguem...Vou ali para a caixinha dos sapatos onde me costumo enfiar. Não tenho paciência nem para ele, as conversas estão um bocado secas. Preciso de uma vodka ou qualquer coisa para curar esta secura.

AHHHH estou deprimida e isto não se faz!


sinto-me: uma cabra despejada do mundo
música: Cansei de ser sexy - art bitch


miko @ 19:04

Ter, 17/06/08

Dama fudida essa de quem eu vou falar =O muita mazona e o cuaralho! Tem umas extensões que vão desde a raiz do cabelo, loiras?amarelas, uma cor de mijo assim meio para o carregado 'tão a ver? Dizem que é toda boazona, só se for na cama porque de corpo, MEUS MENINOS a miúda parece um pote. Para não falar daqueles dentes de cavalo e aquela cara, eu costumo dizer que ela parece uma macaca mas, fodasse até os macacos são mais bonitos e fofinhos ^_^

Então foi assim:

A crô e a minha beta foram bombar este fim de semana para uma disco onde trabalha um amigo nosso (namorado daquela coisa que descrevi à pouco) e o gajo é giro, se é. Bem, acontece que a cavalona(para não insultar os macacos insulto os cavalos, sorry guys!) morre de ciúmes da beta. Até aqui nada de invulgar. Mais para o final da noitinha, já a beta não andava bem, a crô e ela decidem ir fazer uma visitinha ao senhor giraço no bar. Ora saltou de lá a outra bexigosa toda a empinar as mamas a dizer que era a namorada dele. A beta já não tava direita e mandou-a calar. A cavalona salta dos braços do seu amado e vai aos cabelos da beta, armada em "dama do guetto". Ora a crô levanta da mão, pronta para aviar uma belga na loiraça MAS, e aí eu passei-me, NÃO DEU POR CONSIDERAÇÃO AO AMIGO DE LONGA DATA, QUE DEPOIS SE PÔS A GRITAR COM ELA. Ora isto não é de uma gaja ficar passada? Um gajo que conheço há 10 anos (e a crô há 8) prefere a puta da namorada que lhe faz a vida num inferno porque é uma menina mimada que precisa de atenção (depois ainda vos hei de contar umas histórias), às amigas e amigos que sempre estiveram lá para tudo... E hoje teve a lata de ameaçar a beta por intermediário da crô num comment ao hi5 WTF???

Só mais uma coisinha, o exame de português correu-me mal, sim ao contrário do que se diz na televisão, eu sou do contra que querem? >_<


sinto-me: sem palavras
música: Bobby Darin - Things
conteúdo explícito: , , , , , , , , ,


miko @ 17:59

Sab, 14/06/08

"Ela chegou a minha casa no seu vestido vermelho, perfeito. Todo o seu corpo acentuado, as curvas da sua cintura, as suas pernas esbeltas, os gémeos acentuados pelos grandes saltos pretos que trazia. O decote, o decote era uma tentação, não havia quem olhasse para ela e não reparasse no decote. Vinha triste. Podia ver os seus olhos brilhantes, porém, não chorava. Não, era forte demais para isso. Intriguei-me sobre o que faria ela sozinha na rua àquela hora da noite, mas não fiz perguntas.

Entrámos para o quarto, tinha feito chá e sabia que ela gostava por isso ofereci-lhe. Depois de longos minutos em silêncio disse-me que tinha acabado com o namorado, e uma lágrima desceu pela sua face. Abracei-a, cheirava bem como sempre, adorava o seu cheiro. Coloquei uma mão sobre o seu rosto, a outra sobre o joelho despido. a sua pele era macia. O seu olhar fixou-se em mim. Não conseguia perceber como alguém tão belo, tão perfeito estava ali, ao meu lado, a chorar. Isso fazia dela ainda mais perfeita. Não deixei que a segunda lágrima caisse, aproximei-me dela e sem dar por isso os meus lábios tocaram os seus. Eram doces e quentes, tão suaves. As nossas línguas abraçaram-se e dançaram nas nossas bocas húmidas. Depressa sentimos aquele desejo. Com a mão que pousava sobre o joelho, subi-lhe o vestido. Queria tê-la, mas ela antecipou-se. Despiu-me enquanto me beijava loucamente. Eu deixava as mãos dela percorrerem-me o corpo, a saliva dela escorrer pelo meu queixo. 
Tirei-lhe o vestido e deitei-me em cima dela, percorri cada centímetro do seu corpo. Lambi cada milímetro do seu corpo. O peito arrepiado, a barriga, mordisquei-a até chegar àquele sítio, aquele sítio perfeite, quente e húmido, aquele sítio delicioso. Ela gemia tanto, eu gemia tanto enquanto sentia com os meus dedos o seu prazer, o seu desejo. Queria que ela gozasse comigo. Queria partilhar com ela esse momento..."

Mas, depois acordei e ela não estava ali...


sinto-me: com desejos
música: Peggy Lee - Fever
conteúdo explícito: , , , ,


miko @ 18:48

Sex, 13/06/08

 

Há uns dias a Mademoiselle Butterfly desafiou-me para uma coisa que... enfim. Só com muitos pedidos dela é que eu finalmente cedi xD mentira, se não quisesse não fazia. Portanto o desafio consiste em agarrar em 6 palavrinhas que nos descrevam, confesso que tive à rasquinha mas cá estão:

 

 Teimosa 

 e muito! Quando as coisas não correm como eu quero, é altura para fugirem da frente. Teimo com tudo e com todos, quando vejo que tenho razão, ninguém fica por cima de mim, tento sempre levar a minha avante. Se isso é bom ou mau, já não sei, mas é graças a esta teimosia que consigo, hoje, ser quem sou.

 

 

 

                                  

Esquesita

Provavelmente a palavra que melhor me define. Esquesita em inúmeros aspectos: roupa, calçado, cabelo, comida, bebida, sítios a frequentar, hábitos, esquesita no humor, nas palavras e nas atitudes. Sou esquesita até dizer CHEGA!

 

 

 

 

 

 

 

Apaixonada

Por ele que é simplesmente tudo na minha vida. Ele que me dá força, que está comigo, que não me larga. Ele que é a pessoa que mais amo no mundo!

 

 

 

 

 

 

 

 

Diferente

Porque é que haveríamos de ser todos iguais? Bem basta os produtos pré-fabricados que existem na nossa sociedade, não, eu não quero ser mais um esterotipo de tudo aquilo que anda por aí. Se ser eu mesma é ser diferente, então eu sou diferente!

 

 

 

 

 

 

 

 

Expressiva

Sim, nada fica cá dentro, sai tudo cá para fora tanto e bom como de mau. Faço sempre questão de exprimir tudo aquilo que sinto, já lá vai o tempo em que me comiam por parva e guardava tudo para mim. Agora, se me chateiam podem ter a certeza que vos ponho a vocês chateados, se estou feliz, ninguém me atura =)

 

 

 

 

Irreverente

Segundo os meus pais... Eles que expliquem! OK, ok, não gosto das coisas certinhas e direitinhas, faz-me confusão um quarto arrumado,demasiada organização tudo muito arranjadinho e perfeitinho. Bahhh isso faz-me comichões. Para mim é tudo à balda!

 

 

 

 

 

 

E pronto, apanharam uma seca sobre a minha pessoa,espero que tenham gostado, quem não gostou pouco me importa. Supostamente eu devia "impingir" o desafio a 5 blogs mas como eu não tenho assim tantos amigos... Mesmo assim desafio:

Meu.

Coisas de quem bate mal, etc e tal...

 

É uma sugestão, quem não quiser não é obrigado

 


sinto-me: eu
conteúdo explícito: , ,


miko @ 20:55

Qua, 11/06/08

Na paragem do autocarro todos olham para mim, só porque tenho o cabelo de cor diferente, rapado de um dos lados...Até nem estava vestida de forma "descontextualizada" como costumo andar, leggins pretas e túnica roxa, sapatos com padrão de leopardo cor de rosa. Estava até bastante "apresentável" porque ia jantar a casa da "fi" e não queria chocar os pais dela, apesar de saber que eles são todos "atirados", tento sempre ir o mais simples possível. Mas, pelos vistos não estava assim de forma tão simplista quanto julgava. Olhavam-me de alto abaixo, não havia ninguém que olhasse para mim e não fizesse comentários ao meu cabelo, à minha roupa ou aos meus sapatos. Até houve uma altura em que pensei que se passava alguma coisa sei lá, uma mama de fora talvez, uma pastilha colada no cabelo, mas não, nada. Confesso que aqueles burburinhos e aqueles olhares me faziam comichão, e eu que normalmente não ligo nada a essas coisas, tou-me bem a cagar para aquilo que pensam de mim. O cúmulo foi quando passou um carro e de lá de dentro gritaram qualquer coisa como "Estás um pouco estranha não achas?" Claro que a minha reacção foi uma enorme caralhada para aquele filho dum corno, o que contribuiu ainda mais para a minha (im)popularidade na paragem.

Agora a sério, o que é que acham que é mais aberrante, eu que não consigo ir para um concerto dos clã sem ser axincalhada à força toda só porque me apeteceu pintar um bocado de cabelo e rapar o outro, ou os filhos da puta que fazem com que imagens destas existam em pleno séc. XXI?

 

 

 

 

 

 

 

 

RESPONDAM


sinto-me: inconformada
música: Korn-Freak on a Leash
conteúdo explícito: , , , , ,


miko @ 20:45

Dom, 08/06/08

Ontem a noite estava perfeita. Tu estavas lindo, eu presa nos anos 40. Brincávamos juntos como crianças, olhávamos um para o outro radiantes, olhos a brilhar, tão felizes por nos termos ali um ao outro naquele ambiente estranho, com gente estranha, vestida de forma estranha. Desligámo-nos do que se passava à nossa volta, fizemos questão que aquela noite fosse só nossa. Jantámos juntos, à luz tremida das velas, rimos das etiquetas, dos modos, da "boa educação". Estávamos únicos e perfeitos, a meu ver. Dizia-se que era altura da dança. Descemos até ao salão, pensava que agora iria cair nos teus braços e rir como uma louca enquanto rodopiavas comigo pelo salão fora. Pensava. Agarrei-te pelo braço e gritei "Vamos!" Não vieste, não querias vir. Parei e olhei-te com olhos tristes, "porquê?" Não querias, simplesmente não querias. Chorei, chorei tanto. Chorei porque não querias dançar comigo, porque não querias ser mais louco ainda. Fugi para o jardim e chorei. Queria ir-me embora dali. Estava tudo perfeito... Vieste ter comigo sem explicação, gritei contigo, esperneei. "Esta noite era para ser perfeita!E tu estragaste-a!" Não me lembro de me sentir tão triste, tão oprimida. Sim, oprimida, sentia que me tiravas a liberdade toda. Não me deixavas rodopiar nos teus braços no meio de toda a gente. Não deixavas que toda a gente visse que nos amamos. E agora toda a gente via que estávamos a discutir, e pensavam "Eles não são perfeitos!" Todos dançavam, todos riam, e eu chorava e gritava contigo. E tu beijavas-me. "Desculpa" disseste tão baixinho que mal ouvi. Não sei se o sentias, no fundo.

Voltámos para dentro, limpaste-me as lágrimas, agarraste na minha mão e fizeste-me rodopiar no meio de toda aquela gente. Os teus lábios encostaram-se aos meus. Olhaste para mim e disseste um doce "Amo-te". E eu, pergunto-me. Eu abracei-te com força e disse-te ao ouvido "Eu também".


sinto-me: Segura
música: Minnie Ripperton-Loving you
conteúdo explícito: , , , , , , , ,


miko @ 18:52

Qui, 05/06/08

Ihhh amanhã vem o principe encantado salvar a princesa do veneno das víboras e das garras daquelas monstras =) Devo referir um pequeno GRANDE pormenor: EU VOU AO BAILE DE FINALISTAS DA MINHA ESCOLA AHAHAHAHAHAHAH mas não pensem que me converti para o lado do inimigo, ná. Eu vou sobretudo para poder rir-me das pirosas e das bimbas e das queques que não queriam ir para o barracão só porque, passo a citar "não é chique, queremos algo mais glamouroso, afinal de contas é um baile de finalistas"

Oh minhas cabras, desde quando é que se importam com o sítio? Pensava que o que vos interessava era só a passadeira vermelha e os flashes apontados na vossa direcção... Estou para ver as lantejoulas, os cor de rosas choque e os verdes alface, e os saltos altos, please... Vou-me sentir mesmo bem, e o melhor é que o principe vai tar comigo ahahah.

 

Hoje aconteceu-me uma coisa esquesita. Fiquei sozinha na paragem do autocarro com mais um senhor de canadianas, que se virou para mim e me disse que gostava muito do meu estilo. Senhor vá, uns 20 e poucos anos. Enquanto o transporte não chegava falou-se de sermos diferentes e criativos e quem critica tem sérios problemas. E ele terminou com uma coisa que não hei-de esquecer, não porque foi bonito mas porque não percebi: "És muito autoritária e muito original para a tua idade" juro, juro, JURO que não percebi o que ele quis dizer com isso. Enfim, que culpa tenho eu de não gostar do que anda por aí, desculpem lá se gosto de ser à minha maneira.


sinto-me: bem
música: Amy Winehouse- You're wondering now


miko @ 18:51

Seg, 02/06/08

Foi fodido!

 

6ª feira a Amy deu cabo de mim, in a good sense. Ela pode ser tudo aquilo que dizem, sim é verdade essas características um tanto ou pouco "mamadexes" ninguém lhas tira, mas a verdade e desculpem meus caros, ELA É UMA DIVA! Ou senão não teria ganho a enxorrada de gramy's que ganhou. E digo e repito, voltaria a vê-la sem dúvida nenhuma!
Outros pontos: sábado a minha querida sis lembrou-se de me convidar para dormida em casa dela, visto que planeavamos ir a uma festa de arromba no iscsp, a minha futura faculdade YEHE, mas, acabamos por parar numa noite de tunas aqui perto.
A acrescentar: ontem o jantar foi no japanese, visto que o meu querido (chamemos-lhe assim) precisava dos amigos porque a pinup dele tinha pedido um tempo e ele estava o que se pode dizer na fossa.
Conclusão: saídas 3 noites seguidas, chegadas às 4h, 3, e 2h da manhã com aulas a começar hoje às 8h, o que se acabou por reflectir numa bela soneca na aula de Português. AH e à tardinha parei por Belém mais a Escola do meu moço que veio do Porto para ver...Arte. Estou por isso sem paciência para o que quer que seja, apetece-me relaxar de forma sensual. =)

sinto-me: com vontade de relaxar
música: Nancy Sinatra-these boots are made for alking
conteúdo explícito: , , , , ,

miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

miko & apêndice
Daisypath Anniversary Years Ticker
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12

15
16
18
19
20
21

22
25
26
27
28

29



myspace web counter
Help!
Save Miguel

subscrever feeds
blogs SAPO