miko @ 18:46

Sex, 19/09/08

Não sei mesmo.

Não sei nada.

Não sei como vai ser.

Não sei se será.

Não sei se conseguimos.

Não sei se vamos conseguindo.

Não sei ir devagar.

Não sei experimentar.

Não sei ficar sem ter certezas.

Não sei ter certezas de como vamos ficar.

Gostava que as respostas caíssem do céu e já para não ter que esperar mais e ver se somos fortes, se aguentamos. Porque é que é preciso passar por isto?

Não sofremos já o suficiente?

Sabemos que a faculdade é aquela coisa. Somos caloiros, pessoas novas, vida de boémia, pouco tempo para namoros sérios, muito tempo para pequenas curtes. Queres é gozar a vida ao máximo, ir para as festas, beber e fumar o teu cigarro enquanto não pensas sequer como será o dia de amanhã, provavelmente igual. Haverá tempo para preocupações? Haverá tempo para estares preso a alguém que está longe de ti, que não sabes quando a vais voltar a ver? Haverá tempo para soltares um "Amo-te" sequer?


sinto-me: não sei
conteúdo explícito: , , , , , , , ,

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
17

23
26

29
30


subscrever feeds
blogs SAPO