miko @ 17:28

Sex, 25/07/08

 

Eu sei que não costumas sair, não tens essa hábito. Mas ontem afectou-me. Afectou-me por ter passado a tarde toda fora e tu em casa, e quando chego mal tens tempo para mim e sais a correr. Não tens culpa, eu sei. Já me tinhas avisado. Eu é que faço sempre de conta que não me importo com isso ou que não é importante. Não fazia birra há algum tempo e ontem, eu sei, deu-me para isso. Tive ciúmes, confesso, confessei-te. Ciúmes de teres saído e eu ter ficado em casa. Normalmente estou-me nas tintas para o que sentes quando chego a casa e digo "Vou jantar fora com eles" Dizes-me sempre "Ok amor, diverte-te, amote muito". Ontem fui mais complicada e por trás do "Ok..." houve um sinal de que estava furiosa por saires. Já te falei do sentimento de posse. Sim, sinto que és meu e ninguém te pode ter... Mas no final, não há razões para isso. "Eu amo-te" disseste. Eu sei isso, é tudo o que me basta. Mas . . .

Aiiiiiiiii porque é que temos de ser sempre tão complicadinhas???!!!???

 


sinto-me: bah
conteúdo explícito: , , , , , , , ,

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15




subscrever feeds
blogs SAPO