miko @ 12:59

Sab, 25/04/09

Ontem devo ter tido a discussão mais estúpide e imbecil de sempre com o Apêndice. Um amigo dele tem um problema, na verdade um grande drama: há a hipótese da namorada estar grávida (e isto não foi por falta de cuidados!). Hipótese porque a rapariga ainda nem sequer fez um teste, o que a meu ver é estúpido porque às primeiras suspeitas é logo a primeira coisa a fazer. Acontece que o rapaz está num grande dilema porque se essa hipótese se confirmar, a namorada já disse que iria ter o bebé. Diria eu que isto é razoável. Diz o Apêndice que não. Então o conselho que ele lhe deu era que pensassem bem antes de ter a criança, porque (palavras dele) "iria dar cabo da vossa vida".

Aqui começou a divergência entre mim e o Apêndice. Não estou a dizer que seria fácil, antes pelo contrário mas, fazer um aborto aos 20 anos é razoável? Claro que implicaria abdicar de muita coisa ou adiar muita coisa, mas não vamos partir do pressuposto de que vem aí um bebé e vamos ficar com a vida destruída, não. Não acredito nisso. E o Apêndice surpreendeu-me, pela negativa. Não acho que um bebé lhes irá estragar a vida, não dá para culpabilizar uma pessoa que ainda nem sequer veio ao mundo. Há muita coisa que se altera na vida, mas...Se me a estragaria? Não...

 




Nhanha @ 14:09

Sab, 25/04/09

 

Ter um filho aos 20 é completamente diferente de tê-los aos 15 é uma verdade.
Quanto ao "estragar" ou não a vida... Cada um fala por si :)

Dreamer @ 14:25

Sab, 25/04/09

 

Essas situações, na minha opinião, há primeira vista podemos pensar que nos vai "estragar" a vida. Não a estragam, mas sim alteram-na e fazem-nos crescer.

Mas cada um é que sabe. Beijo (:

jugar en el casino virtual @ 12:00

Qua, 03/06/09

 

Totalmente de acuerdo. Si a veces no podemos parar de pensar en el curso de la vida tendría tomado si no fuera por el niño, hay que luchar para comprender que hemos crecido mil veces más y más rápido con la experiencia.
Saludos.

Isabel @ 19:45

Sab, 25/04/09

 

A minha opinião é igual à tua. Um filho pode vir alterar muita coisa, mas estragar a vida dos seus pais, isso é que não mesmo...


ameninadaesquina @ 21:42

Sab, 25/04/09

 

Um bebé pode obrigar amudar planos, a abdicar de coisas que gostamos, mudar-nos a vida mas ele não tem culpa de nada e tem direito a viver. Naõ que seja contra o aborto muito pelo contrario mas penso que há casos e casos, se fosse uma miúda novinha achava melhor o aborto agora alguém dessa idade não. Se não houvesse amor para a criança tambem mas se arapariga o quer ter (caso esteja gravida) é porque tem amor para lhe dar, por isso na minha opnião tens toda a razão..
Beijo.

. @ 23:25

Seg, 27/04/09

 

é uma questao muito complicada...

. @ 23:26

Seg, 27/04/09

 

acrescentado ao meu comentario, q ficou incompleto...
E uma questao complicada, especialmente quando nao foi propriamente por falta de cuidados....

miko's

 

Porque não tenho de estar sempre bonita, jeitosa, radiante e sorridente.
Não tenho jeito para essas coisas!

 

miko & apêndice
Daisypath Anniversary Years Ticker
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
16
18

21
22
24

28
30



myspace web counter
Help!
Save Miguel

blogs SAPO